Banco Inter acaba com os adicionais do Mastercard Black + Duo Gourmet

No início da oferta do Mastercard Black com o Duo Gourmet todos os titulares podiam pedir até 4 cartões de crédito adicionais, sem custos. Na época, a equipe de marketing me passou que eram apenas 2 cartões, mas o sistema sempre permitia 4, e todas as informações no site também falavam em 4, evidenciando a confusão interna do banco.

Depois, caiu para 2 adicionais. Agora, sem qualquer aviso prévio, você não pode mais pedir adicionais. Ao tentar, o sistema vai dar uma mensagem de erro.

Repare que no print aparece a mensagem de segmentação. Clicando aqui você pode ver os perfis de segmentação do Banco Inter.

Achei falta de transparência do Banco Inter mudar as regras sem aviso prévio. Aliás, não é a primeira vez que o banco muda as regras e não comunica aos clientes. Quem já tem os cartões adicionais não deverá ter problemas, mas meu medo é que mudem isso na renovação em 2023.

Simulação de cenário

Vamos fazer uma brincadeira? Vou supor que o Banco Inter emitiu 10 mil cartões nessa oferta. E que desses 10 mil, metade pediu um cartão adicional, ficando com 15 mil cartões.

Se 5 mil pessoas usaram a sala VIP e são US$32 por acesso, isso dá US$160 mil. Se multiplicarmos por R$ 5,15 como cotação do dólar americano, dá R$ 824 mil. O ganho do banco com a assinatura do Duo Gourmet para 10 mil pessoas foi de R$ 3.5 milhões. Nesse cenário, está no lucro, mas vale lembrar que é possível acessar mais de uma sala no mesmo dia, então considero que 5 mil acessos é um número que o banco atinja em uma semana.

O problema é que todo mundo começou a pedir adicionais, pois eles também têm acesso às salas VIP. Eu mesmo pedi 4 adicionais para a minha família. Eu conversei com gestores de salas VIP e todos citam que o Banco Inter Mastercard Black se tornou um dos principais métodos de acesso às salas brasileiras.

Na minha visão, o banco está tendo prejuízo, e por isso decidiu cortar os adicionais. A expectativa é que os clientes que se interessaram pela oferta Duo Gourmet passem a movimentar a conta digital e contratar outros serviços do banco, mas como o custo do acesso às salas VIP é alto a jogada é arriscada. Com certeza captaram clientes, mas se forem clientes “ruins” é um tiro no pé.

Não acho exagero dizer que o custo do Banco Inter com esses acessos gratuitos são de alguns milhões de reais por mês. E muitos, onde eu me incluo, não usam o cartão para compras, por causa do baixo cashback (apenas 1%), fazendo que o banco não tenha lucro nas compras – o emissor sempre recebe uma porcentagem das suas compras, assim como a bandeira.

Grupo de WhatsApp sobre as salas VIP

Eu tenho um grupo pago sobre salas VIP no WhatsApp. Nesse grupo, você recebe material com informações ao entrar, e trocamos informações e dicas sobre as salas VIP no Brasil e no mundo. Os principais gestores das salas VIP estão presentes no grupo.

Você pode realizar a adesão clicando aqui. O custo é de R$ 30,00 por 3 meses, sem carência.

Boa viagem!

Você pode se interessar

Deixe um comentário