Crypto faz péssima mudança no seu cartão pré-pago

A Crypto, que oferece cartões pré-pagos, mas na sua comunicação não faz questão de deixar isso claro, está mudando o cashback oferecido nos seus cartões. Em outras palavras, está matando os cartões que tem em parceria com a Visa.

Como era:

  • Ruby Steel Visa Platinum: 2%;
  • Royal Indigo & Jade Green Visa Platinum: 3%;
  • Frosted Rose Gold & Icy White: 5%;
  • Obsidian: 8%.

Os três últimos ainda ganhavam staking rewards.

Como ficou:

  • Ruby Steel Visa Platinum: 0,5% – máximo de acúmulo de US$25 por mês;
  • Royal Indigo & Jade Green Visa Platinum: 1,5% – máximo de acúmulo de US$50 por mês;
  • Frosted Rose Gold & Icy White: 3%;
  • Obsidian: 5%.

O staking reward foi descontinuado.

As mudanças valem a partir de 1 junho de 2022.

Viva a concorrência

Um amigo meu, assim que recebeu o comunicado sobre a mudança, mudou imediatamente a estratégia:

“Não vale mais a pena usar como cartão principal. No máximo manter para uma emergência no exterior.

Se a Crypto.com não quer me dar mais cashback, azar o deles. Já apliquei e fui aprovado para o cartão da Coinbase, que pode até escolher qual crypto você quer receber como cashback.”

Crypto fugiu de mim

Quando os cartões foram lançados, eu procurei os executivos da Crypto para tirar dúvidas, e todos fugiram de mim, assim como a assessoria de imprensa. Meus questionamentos fizeram até o Guilherme Sacamone, Head of Growth Brazil, me bloquear no LinkedIn. Foi a primeira vez em 12 anos que uma empresa foge 100% de qualquer tentativa de comunicação.

Continuo recomendando o Itaucard Pão de Açúcar (PDA) como o melhor cartão de crédito para você acumular milhas aéreas.

Você pode se interessar

Deixe um comentário