Pesquisar
Pesquisar

Spread

Spread bancário: você provavelmente já ouviu muito sobre esse tema. O spread é essencialmente a taxa que uma instituição financeira busca lucrar em cima das compras dos seus clientes realizadas em moeda estrangeira.

Alguns bancos não cobram essa taxa, enquanto outros podem cobrar até 6% sobre o valor da sua compra. Isso fica a critério do banco, pois depende do quanto a instituição financeira deseja lucrar com o cliente.
A grande maioria dos cartões de crédito baseia sua pontuação no dólar. Portanto, para calcular a pontuação de cada compra, ela é dividida pela taxa de câmbio do dólar da fatura, a mesma utilizada para converter suas compras internacionais. Portanto, não está errado dizer que o spread cobrado pelo banco pode reduzir sua pontuação final.
Resumo:
  • Quanto maior o spread do seu cartão de crédito mais caro você pagará nas compras internacionais;
  • Quanto maior o spread do seu cartão de crédito menos pontos você vai acumular nas compras.

 

IOF

O Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) é um cobrado pelo governo e todos os cartões de crédito pagam 4,38% em compras internacionais, sempre que a moeda for diferente do real.

Até 2028, o imposto será zerado. A diminuição também vale para uso do cartão de débito e saques no exterior.

Veja como sendo a redução:

  • 2023: 6,38% para 5,38%;
  • 2024: 5,38% para 4,38%;
  • 2025: 4,38% para 3,38%;
  • 2026: 3,38% para 2,38%;
  • 2027: 2,38% para 1,38%;
  • 2028: 1,38% para zero.

A diminuição é uma das exigências da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE).

Bancos estão se antecipando a redução do IOF

Já começou um movimento dos bancos antecipando a redução do IOF. Como esse é um imposto do Governo Federal, os bancos precisam recolher, mas estão devolvendo aos clientes em forma de cashback. Essa é uma estratégia para fomentar o uso dos cartões em viagens internacionais.

Até o momento, dois bancos já adotaram o sistema:

     

    No BB, os clientes modalidades Visa Infinite, Mastercard Black, Elo Nanquim, Elo Nanquim Diners Club, Infinite Smiles e Altus pagam somente 1,1% de IOF nas compras internacionais via crédito, e o banco pagará o resto da conta. O spread é de 4%.

    No Porto Bank, você recebe 4,38% de cashback, ou seja, é IOF zero. O spread é de 4,99%. Anteriormente, o spread era de 6%, mas foi reduzido junto com a oferta da isenção de IOF.

    O BTG Pactual há alguns anos oferece o IOF Especial, mas este é um benefício que requer adesão específica, podendo ter custo extra na contratação. Inclusive, considero má fé do BTG aumentar o spread dos seus cartões para empurrar o serviço adicional aos clientes.

    SPREAD COBRADO

    INSTITUIÇÃO FINANCEIRA

    SPREAD COBRADO

    0%

    INSTITUIÇÃO FINANCEIRA

    SPREAD COBRADO

    1%

    INSTITUIÇÃO FINANCEIRA

    SPREAD COBRADO

    3%

    INSTITUIÇÃO FINANCEIRA

    SPREAD COBRADO

    4%

    INSTITUIÇÃO FINANCEIRA

    SPREAD COBRADO

    5%

    INSTITUIÇÃO FINANCEIRA

    SPREAD COBRADO

    5,5%

    INSTITUIÇÃO FINANCEIRA

    SPREAD COBRADO

    6%

    INSTITUIÇÃO FINANCEIRA