Pesquisar
Pesquisar

Qual é a minha conta internacional preferida?

Nos últimos anos, as contas internacionais têm se popularizado bastante, com várias fintechs e bancos tradicionais criando suas versões.

Eu aprecio muito o modelo adotado pelas contas internacionais. Com elas, é possível planejar a compra de moeda estrangeira de forma fracionada, economizar devido à cotação favorável e aproveitar a praticidade dos cartões/carteiras digitais para autorizar as transações.

Pessoalmente, detesto ter que carregar uma grande quantidade de dinheiro. No Brasil, realizo 99% das minhas transações com cartão ou PIX, razão pela qual tento manter esse comportamento quando viajo para fora do país.

A lógica dos meios de pagamento é a seguinte:

  • Papel moeda: econômico, mas não prático;
  • Cartão de crédito: prático, mas não econômico;
  • Conta internacional: prático e econômico.

Então, qual é a melhor opção?

Recebo essa pergunta quase todos os dias, e com mais de uma dezena de opções disponíveis, é, de fato, algo que requer pesquisa. Posso afirmar que tenho duas contas preferidas e uma terceira que mantenho como backup. No que diz respeito às contas internacionais que existem há mais tempo, testei todas as seguintes:

  • C6 Bank;
  • Wise;
  • Banco Inter;
  • BB Americas;
  • Avenue;
  • BS2 GO!

Quanto às contas que surgiram mais recentemente, confesso que sequer as testei. Li sobre elas, e nenhuma me empolgou. Todas parecem ser mais do mesmo, e como chegaram tarde ao mercado, considero-as totalmente irrelevantes. As contas que estão nesta lista são:

  • Revolut;
  • Bradesco;
  • XP Investimentos;
  • Passfolio/Sproutfi.

Minha opinião

As duas contas que utilizo com maior frequência são a Nomad e a Wise. Ambas oferecem uma interface amigável no aplicativo e facilidade para recarregar a conta.

A Nomad exige um valor mínimo de depósito de R$ 500, o que pode dificultar o crédito de valores em alguns momentos, mas não é algo impeditivo. Já a Wise possui um valor mínimo de depósito de R$ 50.

Ambas permitem adicionar os cartões em carteiras digitais, facilitando muito o uso pelo celular. No caso de cartões físicos, a Wise tem uma vantagem, pois o valor para solicitar o cartão é mais baixo, apenas R$ 100. Na Nomad, é necessário transferir USD 1.000 para ficar isento da tarifa de emissão do cartão.

Além disso, o histórico de confiabilidade dessas contas me faz ser fiel a elas. Quase não tive problemas ao utilizá-las, então não vejo necessidade de buscar outras alternativas.

Outro fator importante que considero é a ausência de spread ao utilizar as contas em outros países, além dos Estados Unidos, no caso da Nomad. Por sua vez, a Wise oferece dezenas de opções de moedas, o que facilita o controle financeiro e evita a cobrança de tarifas extras.

Banco Inter

Esta é a minha terceira opção quando me perguntam sobre contas internacionais. Basicamente, possui as mesmas características das contas acima. Considero que seu diferencial é a possibilidade de comprar gift cards para uso em lojas nos EUA, o que pode gerar alguma economia caso você planeje fazer algumas compras.

Minha realidade x a sua realidade

Tudo o que mencionei acima reflete as minhas necessidades. Como mencionei, essas contas atendem plenamente às minhas demandas. Pelo menos até que a alíquota do IOF dos cartões de crédito se iguale à das contas internacionais, continuarei a usá-las.

Talvez o uso do cartão de crédito faça sentido para você, ou talvez o uso de dinheiro em espécie seja mais conveniente para a sua realidade. Pode ser também que outras contas internacionais facilitem o seu dia a dia, como a Avenue para correntistas do Itaú ou o BB Americas para os correntistas do Banco do Brasil.

O mais importante, no final das contas, é aproveitar a viagem!

Clube de Mentoria

No meu Clube de Mentoria você vai aprender:

  • Como conseguir aprovar os melhores cartões de crédito;
  • Como acumular milhas aéreas em tudo o que você faz;
  • Como definir a melhor estratégia para o seu perfil;
  • Como comprar passagens aéreas com até 90% de desconto usando milhas;
  • Como ter acesso gratuito às salas VIP no mundo inteiro.


A minha comunidade é a mais atualizada e dinâmica do WhatsApp, com networking diário (grupo aberto para troca de mensagens) e sempre com a minha participação.
O grupo é uma versão atualizada dos cursos cheios de bla bla bla. Aqui o aprendizado é muito mais rápido, dinâmico, sem enrolação e focado para quem não tem tempo e nem dinheiro a perder.

Pode ter certeza: você terá acesso ao melhor conteúdo, sempre atualizado e em primeira mão.

Clique aqui para saber mais.

Você pode se interessar

Deixe um comentário