3 dicas para você vender milhas pela primeira vez

Você quer fazer renda extra com a suas milhas aéreas? Isso é totalmente possível, mas se você está começando precisa estudar um pouco para não perder dinheiro ou ter a conta bloqueada. Nesse texto, vou te dar três dicas importantes.

1) Você precisa saber o custo do seu milheiro

Qual o valor que você gerou as milhas? Você sempre precisa ter essa informação para entender quanto vai lucrar com essa operação. Inclusive, se não souber, pode até ter prejuízo. Quando você compra milhas o ideal é que faça uma estimativa do custo e do possível lucro.

No mercado, o milheiro (1 mil milhas) tem diferentes valores e a cotação muda diariamente. Cada programa tem o seu valor do milheiro. Você precisa acompanhar diariamente.

A regra é clara: você precisa vender os pontos na alta para ter o maior lucro. Muitas vezes, é preciso ter calma para esperar o momento certo. A pressa pode fazer com que seu lucro seja menor.

Diariamente, no meu grupo no WhatsApp, eu envio as melhores oportunidades para geração de milhas a baixo custo.

2) Contas bloqueadas e limitação de CPF

As companhias aéreas dizem que vender milhas é ilegal, mas elas podem vender. E vendem caro. Na justiça, na maioria das vezes o consumidor tem o ganho de causa. O TudoAzul, por exemplo, é um programa que está complicado no momento, por realizar a suspensão da conta do participante por 3 meses ao detectar a venda de milhas.

No momento, considero que o melhor investimento para você que está começando é focar na venda de milhas do LATAM Pass, que é o milheiro mais valorizado entre os programas nacionais.

Os limites estão assim atualmente:

  • Smiles: emissão de no máximo 25 CPFs por ano diferentes do titular – 25 + 1. A renovação acontece sempre quando vira o ano, ou seja, no dia 1 de janeiro a contagem é zerada;
  • LATAM Pass: emissão de no máximo 24 CPFs por ano diferentes do titular – 24 + 1. A renovação acontece sempre depois de 12 meses da emissão. Se você emitiu uma passagem dia 20 de maio, o CPF dessa pessoa será liberado apenas no dia 20 de maio do ano seguinte;
  • TudoAzul: emissão de no máximo 5 CPFs diferentes do titular – 5 + 1. Uma vez atingido o limite, você terá que cadastrar um novo CPF e aguardar 60 dias para realizar a emissão para essa pessoa.

3) Você precisa ter capital de giro

Para gerar as milhas aéreas você precisa gastar. E vai precisar pagar a fatura do seu cartão de crédito. Por isso, ter capital de giro é importante. Na HotMilhas e MaxMilhas, por exemplo, você vai ter o maior lucro aceitando o maior prazo para recebimento, que pode ser de até 150 dias (5 meses). Se você vender para pagamento imediato vai perder muito dinheiro.

Ou seja: talvez você precise pagar antes de receber. Se você se enrolar, vai entrar em juros, e toda a estratégia vai por água abaixo.

Grupo de WhatsApp: Como vender milhas aéreas

Ao entrar no grupo você vai receber material exclusivo:

  • Informações gerais sobre venda de milhas;
  • Como vender com sucesso na MaxMilhas;
  • Como vender com sucesso na HotMilhas;
  • Como vender milhas aéreas no particular com sucesso e maximizar seu lucro;
  • Contrato de compra e venda para venda no particular.

Você poderá tirar todas as dúvidas com:

  • Gabriel Dias: fundador do portal Falando de Viagem e Cartões, Milhas e Viagens;
  • Israel Nascimento: especialista em venda de milhas aéreas;
  • Marcos Paulo: especialista em venda de milhas aéreas;
  • Thiago Travagini: especialista em venda de milhas aéreas.

E tem mais:

  • Canal de venda de milhas direto para pessoas físicas e agências no Telegram;
  • Você vai receber diariamente as promoções de compras on-line;
  • Você vai aprender como funciona a proteção de preço para maximizar os seus ganhos;
  • Você vai aprender quais clubes vale a pena assinar;
  • Você vai aprender sobre a limitação de CPF.

Clique aqui para entrar no grupo.

Você pode se interessar

Deixe um comentário