É seguro vender milhas para a Compro Milhas?

O mercado de venda de milhas aéreas faz enorme sucesso no Brasil. Muitas pessoas fazem uma renda extra e outras até mudaram de profissão, abrindo uma agência de viagem. Na teoria, os programas de fidelidade não permitem a comercialização dos pontos, mas na prática não existe nenhum ganho na justiça proibindo os clientes de venderem seus pontos para familiares, amigos, conhecidos ou até empresas.

Desde sempre eu recomendei apenas duas empresas: MaxMilhas e HotMilhas. Elas sempre foram confiáveis, até acontecer o escândalo com a 123milhas, que pertence ao mesmo grupo.

A Compro Milhas é uma empresa que eu nunca indiquei. O motivo principal são os relatos que recebo há anos de problemas com atraso de pagamentos – e que estão aumentando nos últimos meses. Acontece muito e isso pode causar um sério problema para quem vende as milhas, afinal, muitas vezes quem vende teve um custo de compra e vai precisar do dinheiro para quitar esse pagamento.

A matemática não engana

Sempre que alguém me pergunta sobre a Compro Milhas eu recomendo fazer uma conta se baseando em outras opções de comercialização. O possível lucro não compensa o risco de não receber nada.

Veja o comunicado que um dos clientes recebeu:

“Com base na lei federal n. 14046/2020, que dispõe sobre as “medidas emergenciais para atenuar os efeitos da crise decorrente da pandemia da covid-19 nos setores de turismo e de cultura”, e tendo em vista que, para os efeitos da lei, considera-se período de pandemia de 1º de janeiro de 2020 a 31 de dezembro de 2022 (art. 2º), informamos que todos os pagamentos das milhas ou dos pontos de programas de fidelidade negociados com a Compro Milhas foram reprogramados para serem feitos 85 dias após a data inicialmente prevista para pagamento.”

Veja o que a empresa colocou no Reclame Aqui:

“Prezados clientes,

Pedimos desculpas por qualquer transtorno. Cometemos erros, estamos empenhados em resolvê-los e tomar as medidas necessárias para evitar situações semelhantes. Sabemos da importância da negociação para você. Estamos oferecemos propostas para quitação e caso sejam aprovadas, estamos honrando-as.

Agradecemos, nosso principal objetivo é garantir integridade e maior segurança.”

Clicando aqui você pode ver todas as reclamações sobre a empresa.

E se a empresa quebrar? Você, provavelmente, nunca receberá o pagamento. Isso pode acontecer. Eu espero que não aconteça. Acho que a concorrência é boa para nós e ter várias empresas comprando milhas de pessoas física é bom, mas precisamos analisar friamente o mercado.

Sempre que vou realizar qualquer venda, eu penso no risco dessa operação. E comparo o risco entre pelo menos duas empresas com as quais posso operar. Mais importante do que ter lucro, é não ter prejuízo, por isso não busque o melhor valor do milheiro a qualquer custo.

Balcão de Milhas

Criei o Balcão em 2022 e foi um sucesso absoluto. O grupo conta com mais de 1.000 usuários ativos que compram e vendem milhas diariamente. Clique aqui e faça a sua adesão!

Você pode se interessar

Deixe um comentário