A Declaração de Saúde do Viajante da ANVISA precisa ser preenchida pelas crianças?

Todo brasileiro, para retornar do exterior para o Brasil, precisa obrigatoriamente preencher a Declaração de Saúde do Viajante (DSV). O procedimento na prática é totalmente inútil e ninguém faz nenhuma checagem. A companhia aérea que cobra no check-in por ser uma exigência do governo brasileiro, mas faz a leitura em 1 segundo e pronto. Chegando ao Brasil, ninguém irá ser fiscalizado pela ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), salvo em raras exceções.

As crianças também precisam preencher a Declaração de Saúde do Viajante, independentemente da idade. O site da ANVISA é falho ao não ter essa informação de forma clara. Vale destacar que o teste RT-PCR ou antígeno não é obrigatório para crianças menores de 12 anos, desde que os pais tenham testado negativo. Em caso de crianças viajando sozinhas, o teste se faz necessário.

Exigências no retorno ao Brasil

  • Preenchimento da Declaração de Saúde do Viajante (DSV).
  • Teste PCR negativo ou não reagente: realizado em até 72 horas antes do embarque.
  • Teste Antígeno negativo ou não reagente: realizado em até 24 horas antes do embarque.
  • Certificado de vacinação contra a COVID-19.

É necessário apenas um dos testes e eu recomendo o antígeno, que é sempre mais barato (em alguns países você consegue fazer até de graça). Para as crianças, ainda não há exigência do certificado de vacinação emitido pelo ConecteSUS.

Boa viagem!

Você pode se interessar

Deixe um comentário

Cartões, Milhas e Viagens. Tudo está interligado. Você faz compras no cartão de crédito para acumular milhas aéreas e viajar.

Copyright 2022 © Cartões, Milhas e Viagens