Como foi minha experiência com Nomad, Avenue e Wise nos Estados Unidos

Uma parte da viagem que fico incomodado é ter que ficar carregando dinheiro em espécie para países que vou visitar. Eu fico sempre com medo e apreensivo, pois geralmente é o valor total que tenho para gastar durante a viagem toda. E se perder esse dinheiro? Se eu for assaltado? Vai complicar e dificultar a viagem, sem dúvidas.

Para quem viajava no passado vai lembrar de um cartão que usei muito, o “Visa Travel Money“. Ele era uma espécie de cartão pré-pago que você usava no exterior, parecido com os que são ofecidos hoje pelos cartões globais. Porém ele hoje cobra o iof de 6,38%, inviabilizando seu uso, além de spread.

Vi o surgimento das contas globais como uma oportunidade muito interessante, tanto pelo facilidade de compra de moeda estrangeira quanto pelo uso da moeda em viagens.

Recentemente fui para Nova York, nos Estados Unidos, e usei 3 contas digitais: Nomad, Avenue e Wise. Vou explicar no detalhe como foi minha experiência com cada um deles.

Nomad

Cartão usado: Físico e virtual

Já havia usado em Portugal e foi excelente. Nessa viagem usei uma boa parte a Nomad e mais uma vez foi muito bom! Passou em todos os lugares que tentei, sem nenhum problema. Tanto para senha, assinatura ou quando não precisou de nada, o cartão passou. 100% das lojas usadas.

Realizei um saque gratuito de 200 dólares na rede all point, onde ela tem parceria. SEM CUSTO algum! Surpreendente, fácil, simples e prático.

Status final: APROVADA!

Avenue

Cartão usado: Físico e virtual

É a conta que provavelmente vou usar com maior frequência nas minhas viagens. Ela é aceita em muitos países além de ter uma conta de investimento boa em dólar. Pedi o cartão no ano passado e não havia usado até então.

Em todos os lugares que tentei usar, passou tranquilamente. Não tive nenhum problema com o cartão. 100% das lojas usadas.

Único ponto de atenção é que para sacar dinheiro você tem um custo. Alguns caixas eletrônicos só sacam quantidade baixa de dinheiro, então compensa sacar uma quantidade maior para diluir o custo da operação, que é fixo.

Status final: APROVADA!

Wise

Cartão usado: Físico e virtual

Já com o Wise tive bastante problema com o uso!

O primeiro deles foi sobre o processo de desbloqueio. É necessário fazer alguma compra com senha ou sacar dinheiro para que o processo seja concluído. Nenhum lugar que pediu senha, NENHUM, o cartão passou. Como não estava passando fiz um saque para que o cartão pudesse ser desbloqueado e consegui sacar normalmente o dinheiro. Achei que estava desbloqueado finalmente. Porém, as tentativas com o cartão continuavam sendo frustradas, não passando onde precisava colocar senha, mesmo após o saque de dinheiro no caixa eletrônico.

Os únicos lugares que aceitaram o cartão foram em lojas que precisava apenas de assinatura, sem usar senha.

Ficamos com uma quantidade boa “retida” no Wise pela impossibilidade de uso do mesmo. Foi uma frustração muito grande e, as pessoas que usaram junto comigo na viagem, falaram que nunca mais iriam usar esse cartão.

O suporte do Wise não deu atenção e não nos ajudou a solucionar o problema também. Uma decepção!

Status final: REPROVADA!

Benefícios de uma conta global

Para mim esses são os principais benefícios de uma conta global:

  • Possibilidade de saque gratuito
  • Valor da moeda menor do que dinheiro em espécie
  • Tranquilidade de não precisar andar com dinheiro em espécie
  • Cartão físico
  • Cartão virtual
  • Facilidade na aquisição de moeda estrangeira
  • Possibilidade de usar em vários países

Minha dica é: SEMPRE tenha uma segunda alternativa e backup. Minha ideia é sempre levar um pouco de dinheiro em espécie + cartão global + cartão de crédito de backup (PDA).

E você? Já usou algum desses cartões? Como foi sua experiência? Conta pra gente!

Você pode se interessar

Deixe um comentário

Cartões, Milhas e Viagens. Tudo está interligado. Você faz compras no cartão de crédito para acumular milhas aéreas e viajar.

Copyright 2022 © Cartões, Milhas e Viagens