Rotas internacionais a partir do Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro | RIOgaleão

Veja quais rotas operam atualmente no Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro

O RIOgaleão foi por muitos anos o mais movimentado aeroporto do Brasil, sendo a principal porta de entrada para o turismo internacional. Diversos fatores fizeram com que o Estado do Rio de Janeiro e consequentemente o aeroporto entrassem em decadência, perdendo a atratividade para as companhias aéreas e fazendo com que rotas fossem canceladas ou alternadas para aeroportos nas imediações.

Perda da condição de Capital Federal

O primeiro fator que contribuiu com a perda de importância do Rio de Janeiro foi a transferência da Capital Federal para Brasília, em 1960, essa mudança fez com que muitos serviços deixassem a cidade do Rio de Janeiro, levando também o fluxo de pessoas que eram envolvidas nas decisões de Estado.

Inauguração do Aeroporto de Guarulhos

Importante nesse contexto era o fato de que a cidade de São Paulo, que já era a mais importante economicamente no pais, não tinha um aeroporto com condições de receber as grandes aeronaves, tanto de passageiros quanto de carga. Isso mudou no ano de 1985, com a inauguração do Aeroporto Internacional de São Paulo (GRU), que fica em Guarulhos, nas proximidades da cidade de São Paulo.

A partir deste momento muitas rotas passaram também a ser operadas para o Aeroporto de Guarulhos, ao longo do tempo deixaram de ser operadas simultaneamente passando a ser exclusivas do aeroporto de São Paulo.

Crise econômica

A crise econômica ocorrida em meados da década de 2010 também enfraqueceu a atuação do Aeroporto do Galeão (GIG), que nessa fase já tinha sido concedido à iniciativa privada, nem mesmo a gestão especializada conseguiu fazer com que o aeroporto voltasse aos seus melhores dias, situação ocorrida de forma efêmera apenas em grandes eventos, como a Copa do Mundo FIFA de 2014 e os Jogos Olímpicos de 2016.

A crise econômica afetou fortemente as empresas instaladas no Estado do Rio de Janeiro, em algumas situações a operação de uma rota é bancada em grande parte pelo transporte de carga realizado pelas aeronaves. Logo se não existe apelo econômico para esse tipo de serviço, o transporte de passageiros deixa de ser interessante também.

COVID-19

O golpe final no Aeroporto do Galeão (GIG) foi a pandemia de COVID-19, com isso quase a totalidade de empresas que operavam voos internacionais no Rio de Janeiro suspenderam as rotas, privilegiando os mercados que tinham maior importância. Com a retomada do turismo internacional temos enxergado o retorno de companhias aéreas, mas ainda em menor número do que praticado em 2019 (último ano antes da pandemia).

Segurança pública

A segurança pública é um fator importante quando analisamos a decadência do Aeroporto do Galeão. O aeroporto fica localizado no bairro da Ilha do Governador, na zona norte da cidade do Rio de Janeiro, sendo bem servido de vias expressas, como a Linha Vermelha, Linha Amarela e Avenida Brasil. Entretanto todos esses caminhos são cercados por comunidades dominadas pelo tráfico de drogas, sendo comum a interrupção do tráfego de veículos por tiroteios nas regiões adjacentes. Não existem outras formas de chegar ou sair do aeroporto além do transporte rodoviário, os modais de metrô, trem e barcas não estão disponíveis na localidade.

Concorrência com o Santos Dumont

O Aeroporto do Galeão conta com uma concorrência dentro do mesmo município, o Aeroporto Santos Dumont (SDU), que fica localizado na área central da cidade do Rio de Janeiro e opera apenas voos nacionais de curta e média distância. Em teoria os aeroportos deveriam conviver civilizadamente, cada um operando diferentes tipos de rotas para atender o público da cidade e do estado do Rio de Janeiro. Acontece que efetivamente o Aeroporto Santos Dumont tem “roubado” passageiros do Aeroporto do Galeão, que preferem utilizar as facilidades do aeroporto localizado no centro da cidade, mesmo que precisem fazer uma escala no Aeroporto de Guarulhos para acessar às rotas internacionais.

Rotas internacionais em operação atualmente

Passado todo esse contexto histórico vamos ao que realmente interessa, descobrir quais as rotas internacionais atualmente são operadas a partir do RIOgaleão (GIG). Para isso utilizei o auxílio da ferramenta Flight Connections. Abaixo é exibido o mapa com todas as localidades atendidas a partir do aeroporto.

Argentina

  • Buenos Aires (EZE) – LATAM, Aerolineas Argentinas, Emirates, JetSmart e Flybondi
  • Buenos Aires (AEP) – LATAM, Aerolineas Argentinas e GOL
  • Rosario (ROS) – GOL
  • Mendoza (MDZ) – Aerolineas Argentinas
  • Córdoba – Aerolineas Argentinas e GOL

Uruguai

  • Montevidéu (MVD) – GOL

Chile

  • Santiago (SCL) – LATAM, Sky Airlines e JetSmart

Peru

  • Lima (LIM) – LATAM

Colômbia

  • Bogotá (BOG) – Avianca

Panamá

  • Cidade do Panamá (PTY) – Copa Airlines

Estados Unidos

  • Miami (MIA) – American Airlines
  • Houston (IAH) – United Airlines
  • Atlanta (ATL) – Delta Airlines
  • Nova York (JFK) – American Airlines

Portugal

  • Lisboa (LIS) – TAP Air Portugal
  • Cidade do Porto (OPO) – TAP Air Portugal

Espanha

  • Madri (MAD) – Iberia

França

  • Paris (CDG) – Air France

Alemanha

  • Munique (MUC) – Lufthansa

Países Baixos

  • Amsterdã (AMS) – KLM

Reino Unido

  • Londres (LHR) – British Airways

Emirados Árabes Unidos

  • Dubai (DXB) – Emirates

Obs: algumas das rotas citadas entrarão em vigor em breve ou possuem operação sazonal.

O RIOgaleão possui operação atualmente para 14 países, metade das localidades atendidas pelo Aeroporto de Guarulhos (GRU), o que aponta o abismo entre os aeroportos internacionais das duas maiores cidades do Brasil.

Em 2022 a empresa que administrava o RIOgaleão solicitou a devolução da concessão, espera-se que em 2023 o aeroporto passe por novo processo deste tipo, dessa vez em um bloco conjunto com o Aeroporto Santos Dumont. Com os dois aeroportos sendo administrados pela mesma empresa a questão da concorrência deixará de existir, visto que passa a ser interessante o crescimento de ambos para o sucesso financeiro da concessão.

Conclusão

O RIOgaleão está longe dos seus dias de glória, porém esperamos que com a continua retomada do turismo internacional e o novo processo licitatório o aeroporto receba novas rotas internacionais, facilitando o deslocamento de passageiros para a cidade e estado do Rio de Janeiro.

Grupo de WhatsApp Emissões com Milhas

Neste grupo, o especialista Thiago Travagini envia diariamente excelentes oportunidades de emissões com milhas, desde Classe Econômica até Primeira Classe.

Você irá fugir das emissões comuns e poderá aproveitar varias oportunidades de viajar barato com os programas internacionais.

Com apenas uma boa emissão você recupera todo o valor investido!

Valor: R$ 30,00 por mês. Pagamento com cartão de crédito ou Pix. Não tem cupom de desconto.

Clique aqui para entrar no grupo.

Te espero lá!

Você pode se interessar

Deixe um comentário

Cartões, Milhas e Viagens. Tudo está interligado. Você faz compras no cartão de crédito para acumular milhas aéreas e viajar.

Copyright 2022 © Cartões, Milhas e Viagens