Banese muda a pontuação do Elo Nanquim para 2,5 pontos por dólar

Sem aviso prévio, o Banese alterou a pontuação do Elo Nanquim para 2,5 pontos por dólar. O cartão tinha uma pontuação de 2,2 pontos por dólar, porém estava oferecendo de forma promocional de lançamento 3,7 pontos por dólar, sem prazo para encerrar.

Clique aqui para acessar a página do cartão.

Além da mudança de pontuação o Banese ainda retirou a bonificação inicial do cartão que oferecia 5 mil pontos pelo desbloqueio e mais 10 mil pontos para a primeira fatura acima de R$ 5.500,00, totalizando 15 mil pontos extras.

A promoção de 3,7 pontos por dólar, que inicialmente acabaria em 2021, foi prorrogada para 2022. No regulamento, entretanto, não era informada a data limite. O cartão acumula pontos na Livelo.

Requisitos para solicitar o cartão de crédito

Para ter um Banese Card Elo Nanquim é necessário:

  • Ter idade acima de 18 anos;
  • Ter uma renda mínima comprovada de pelo menos R$ 10.000,00;
  • Preencher a proposta de adesão clicando aqui.

Os documentos aceitos como comprovação de renda são:

  • Contracheque;
  • Extrato de benefício (INSS);
  • Imposto de renda (IRPF);
  • Decore;
  • Simei.

Você não vai conseguir comprovar renda usando extratos bancários ou faturas de outros cartões de crédito.

Anuidade grátis por 1 ano

Esse é um grande diferencial: no primeiro ano não tem anuidade! E a regra vale para os adicionais também. Sendo assim, você pode pedir o cartão e aproveitar a pontuação sem se preocupar com taxas.

Nos anos seguintes, você contará com a isenção da anuidade, continuando gratuita, caso seus gastos sejam iguais ou superiores a R$ 5.500,00 por fatura.

Comentário

Apesar de não ter feito uma comunicação, o Banese surpreende aumentando a pontuação do cartão que inicialmente seria de 2,2 para 2,5 pontos por dólar. Esse é um dos cartões que mais uso, porém agora vou rever minha estratégia. Mesmo assim ainda é um dos cartões que mais pontuam no Brasil.
O Banese podia lançar outra campanha de 37 pontos por dólar, não é mesmo?

E aí, você tem o cartão? Vai pedir ou continuar com ele? Conta pra gente!

Você pode se interessar

Deixe um comentário