Rico Visa Infinite não será oferecido para quem tem o XP Visa Infinite

O Rico Visa Infinite foi lançado, mas não animou o mercado. O cartão é praticamente uma cópia do XP Visa Infinite, mas não tem os acessos gratuitos às salas VIP. O método para solicitar é o mesmo, mas na Rico o valor é menor: são apenas R$ 1 mil em investimentos.

Para começar, eu acho terrível essa banalização que o grupo XP está fazendo com a categoria Visa Infinite. Não faz o menor sentido e prejudica os benefícios.

O Israel tentou solicitar o Rico Visa Infinite e foi negado por “duplicidade”.

Veja o que disse o atendimento:

“Israel, conforme verificado internamente, você não está elegível ao cartão pela Rico, no entanto pode estar elegível em sua conta na XP.

Hoje nossa política de crédito está vinculada ao CPF, desta forma não é possível que esteja elegível ao Cartão One em mais de uma de nossas marcas. Estamos trabalhando intensamente para que em breve possamos disponibilizar essa melhoria aos nossos clientes, porém no momento não será possível trocar sua elegibilidade e caso deseje contratar o cartão, deverá seguir pela marca na qual já está elegível atualmente.”

Vale a pena pedir o Rico Visa Infinite?

No momento, vale mais a pena você pedir o XP Visa Infinite, que oferece benefícios melhores. Você precisa investir R$ 5 mil em qualquer produto e aguardar a análise de crédito, que leva em média até 15 dias.

Clube de Mentoria

No meu Clube de Mentoria você vai aprender:

  • Como conseguir os melhores cartões de crédito – Black, Infinite, Nanquim, Diners e The Platinum Card;
  • Como acumular pelo menos 1 milhão de milhas aéreas por ano;
  • Como ter acesso gratuito e ilimitado às salas VIP;
  • Como viajar de Classe Executiva.

Não é um curso – é uma comunidade no WhatsApp, onde você pode falar diariamente comigo e com a minha equipe, além de trocar informações e dicas com os demais membros. Um espaço onde você vai aprender muito diariamente e vai transformar o seu dia a dia e as viagens com conteúdo valioso! Clique aqui para saber mais.

Você pode se interessar

Deixe um comentário