MaxMilhas informa: vai parcelar pagamento das milhas

O escândalo da 123milhas parece longe do fim. Depois de anunciar que não iria honrar as passagens aéreas dos clientes em 2023, e possivelmente em 2024, as outras empresas do grupo também estão entrando em colapso.

Primeiro, foi com a HotMilhas, que captava os clientes para a 123milhas. Basicamente, quase todo o lucro da HotMilhas dependia do sucesso da comercialização da 123milhas. Agora, é a MaxMilhas, que também pertence ao grupo, mas opera de forma independente (não sei até que ponto).

A empresa enviou e-mail para os clientes dizendo que vai precisar parcelar o pagamento das milhas compradas devido a problemas com seu capital de giro. O e-mail enviado não apresenta alternativa para os vendedores.

Veja:

Esse ano, a MaxMilhas já apresentava sinais de problemas com pagamentos, ao oferecer aos clientes a possibilidade de adiar por mais um mês o recebimento, mediante acréscimo de uma pequena taxa. Será que já havia problema de fluxo de caixa?

Enquanto isso, os clientes terão que pagar as faturas dos seus respectivos cartões de crédito, provavelmente com valores dos parcelamentos vindos da compra de pontos. Por isso, em qualquer negócio, é preciso ter um planejamento para o caso de problemas.

Os bancos, que já estão com recordes de inadimplência, podem sofrer com esse problema, pois já li centenas de relatos de pessoas dizendo que não conseguirão pagar as faturas sem os recebimentos de HotMilhas e MaxMilhas. São pessoas com centenas de milhares de reais para recebimento.

Não há como ter certeza que a MaxMilhas irá conseguir honrar com a proposta apresentada no e-mail.

Crise nas empresas vai impactar o mercado

A crise desencadeada pela 123milhas vai movimentar o mercado de milhas. Empresas como Livelo e Esfera são afetadas, pois comercializam pontos, que são comprados por milhares de pessoas pensando na comercialização de milhas. Smiles, TudoAzul e LATAM Pass também comercializam pontos em diversas ações ao longo do ano. Por outro lado, com a 123milhas parando com as emissões, será que haverá maior disponibilidade? Será que os valores irão cair? São várias perguntas ainda sem respostas.

Balcão de Milhas

Criei o Balcão em 2022 e foi um sucesso absoluto. O grupo conta com mais de 1.000 usuários ativos que compram e vendem milhas diariamente, com pagamento imediato via PixClique aqui e faça a sua adesão!

Você pode se interessar

Deixe um comentário