Elo fecha parceria com a plataforma de viagem Travelport

A Elo, aos poucos, está ampliando a sua aceitação no Brasil e no mundo. A parceria com a Travelport é um importante passo para ajudar nessa ampliação. Você pode utilizar com segurança os cartões Elo na aquisição de serviços – que incluem mais de 20 companhias aéreas que operam no Brasil.

Em alguns sites de companhia aérea você não consegue finalizar a compra da passagem aérea com um cartão Elo. Nesse caso, através de uma agência de viagem, você consegue contornar esse problema e realizar a emissão – aproveitando todos os benefícios que os cartões dão em viagens internacionais.

A novidade posiciona a Elo como a única bandeira 100% brasileira aceita em todos os sistemas internacionais do trade de viagens com venda de passagens aéreas que estão integrados ao GDS (Sistema Global de Distribuição), incluindo Amadeus e Sabre.

Sempre destaco que ao comprar uma passagem aérea através de uma agência de viagens você tem todo o apoio de um profissional para lhe ajudar nas etapas da viagem e não paga a mais por isso. Muitas vezes, inclusive, as agências oferecem preços até melhores do que nos sites oficiais devido a acordos realizados.

Benefícios Elo

Com mais de 45 milhões de cartões ativos, os clientes da empresa podem desfrutar de acesso às salas VIP, seguro de viagem, transfer aeroporto, chip de internet em viagem internacional, entre outras comodidades. Os melhores benefícios são dos cartões Elo Diners Club, mas o Elo Nanquim e Elo Grafite também oferecem benefícios.

Dica do Gabriel Dias

Tem muito golpe por aí prometendo aumento do score de crédito e liberação de qualquer cartão de crédito. Isso não existe. O que existe são estratégias para você conseguir cartões e conseguir aumentar os limites. Não é algo tão simples e geralmente também não é imediato. Por isso, no meu grupo de mentoria no WhatsApp, fixei o tempo mínimo de permanência em 3 meses. Considero esse o tempo mínimo ideal para você realizar um upgrade na sua carteira e entender as estratégias para acumular ao menos 1 milhão de milhas aéreas por ano.

Você pode se interessar

Deixe um comentário